Home Informativo Notícias Laser fracionado: o que é e quais suas indicações?
Laser fracionado: o que é e quais suas indicações?

Quer uma pele completamente renovada sem riscos à sua saúde? Conheça o laser fracionado e todas as suas indicações.

A busca pelo rejuvenescimento é cada vez maior. E isso tem uma explicação: o avanço da tecnologia (novas técnicas e equipamentos) contribuiu muito para a melhoria estética. Mas, afinal, o que é o já famoso laser fracionado?

Para que você possa entender com detalhes tudo sobre laser fracionado, leia as nossas dicas a seguir e veja se este é o procedimento correto para você. Apesar de nossas informações auxiliarem, a melhor maneira de descobrir se a técnica é ideal para você é consultando um dermatologista.

Continue lendo e saiba mais sobre o laser fracionado e suas vantagens!


O que é o laser fracionado?

Cada vez mais difundido por médicos dermatologistas, o laser fracionado é um tratamento de fotorrejuvenescimento. Aliás, é a tecnologia mais recente para o tratamento do envelhecimento cutâneo. Sendo realizado com um equipamento de última

geração, proporcionando segurança aos pacientes.

O laser fracionado é um feixe de luz que causa uma abrasão sobre a pele. Nesse processo, são criadas “queimaduras” na epiderme – camada superior da pele, causando remoção de camadas inteiras de pele. Neste processo de nascimento de uma nova pele, ocorre o estimulo da produção de colágeno.

Com isso, a pele fica com uma aparência mais jovem, como se estivesse mais esticada — como um lifting. O resultado é uma visível diminuição de rugas finas na epiderme.

Vale lembrar que o procedimento é um dos queridinhos dos dermatologistas, pois é seguro, não oferecendo risco de produção de manchas na pele. Isso ocorre por que o laser atinge apenas a epiderme, não alcançando a derme. A razão dessa proteção à derme é que o alvo do laser fracionado é a água e não as estruturas da derme.

Com isso, o corpo é estimulado à maior produção de colágeno garantindo uma “pele nova”.

É bom lembrar que o laser fracionado deve ser feito apenas pelo médico dermatologista, único profissional capacitado e certificado para o tratamento. Aliás, o procedimento é um dos queridinhos dos dermatologistas. Isso porque, ele é seguro, não

oferecendo riscos manchar a pele. E a razão é que o laser atinge diretamente a derme — camada abaixo da epiderme sem ferir a epiderme.


Quais as vantagens do laser fracionado?


Quais as vantagens do tratamento em relação às outras opções:

  • estimula a rápida remodelação de colágeno;
  • traz rápida recuperação pós-procedimento;
  • permite ao paciente retomar suas atividades em poucos dias.


Para quais casos o laser fracionado é indicado?

Além do rejuvenescimento da pele, a utilização do laser fracionado é indicada para diversos tratamentos. Isso mesmo, engana-se quem pensa que o procedimento é indicado apenas para deixar o rosto mais jovem. Ou seja, quando procurar o procedimento?


Manchas de pele

Entre as indicações, está o tratamento para peles manchadas pela acne. Estas manchas são muito comuns e podem prejudicar muito a autoestima da pessoa.


Estrias

O procedimento também pode ser indicado para pessoas com estrias brancas ou vermelhas. As estrias são muito comuns após o processo de emagrecimento intenso, como é o caso de pós-gravidez.


Fechamento dos poros

Além de tudo o que já foi dito, o laser fracionado também pode ser usado para tratamento de poros abertos, fazendo com que a pele fique muito mais harmoniosa. Após o tratamento, a pele diminui o aspecto de furinhos que tanto incomodam.


A importância de fazer uma avaliação com profissional dermatologista

Para ter segurança na aplicação do laser fracionado é extremamente importante que você faça uma avaliação com um dermatologista e especializado.

O dermatologista analisará o nível ideal de intensidade do laser e a quantidade de sessões indicada para você. Isso é extremamente importante para a segurança do tratamento.


Como funciona a aplicação do laser fracionado?

A aplicação é feita por um dermatologista qualificado. O médico utiliza o equipamento de laser e faz a aplicação por toda a área desejada. Antes de realizar o procedimento, o profissional realiza o ajuste do equipamento necessário para cada tipo de pele.


Contraindicações do laser fracionado

O laser fracionado não deve ser utilizado por:

  • pessoas que possuem a pele bronzeada,
  • pacientes com vitiligo;
  • pessoas com queloide;
  • mulheres gestantes;
  • pessoas em uso de medicamentos fotossintetizantes e
  • pessoas que terminaram o tratamento com medicamento para acne em até dois meses.


Áreas tratadas pelo laser fracionado

O rosto e o corpo podem ser tratados por meio do laser.


Duração de cada sessão e número de sessões necessárias

A duração e o número de sessões necessárias poderão variar de acordo com as regiões do corpo e o resultado esperado pelo paciente. Em geral, o tratamento é feito entre 3 a 6 sessões, sendo muito importante a proteção solar durante todo o tratamento.

Gostou de saber o que é laser fracionado, quais indicações e outras informações? Deixe seu comentário!






COMPARTILHE:



Mais lidas
Botox e preenchimento facial: qual a diferença…
08/10/2019
Procedimentos estéticos menos invasivos estão ficando cada vez mais comuns nos consultórios dermatológicos. E cada vez…
Quais são os tipos de pele e cuidados…
08/10/2019
Saber quais são os tipos de pele e descobrir qual é o seu, é fundamental para manter os cuidados com a pele, diários,…
Laser fracionado: o que é e quais…
08/10/2019
Quer uma pele completamente renovada sem riscos à sua saúde? Conheça o laser fracionado e todas as suas indicações.